Em uma publicação em seu site Neowin explicou porque o Lumia 520 e outros aparelhos Low-End rodam o Windows Phone 8.1 de forma tão fluida quando os High-End. A lógica é simples: A Microsoft desenvolve as atualizações do Windows Phone primeiramente nos dispositivos Low-End, ou seja, ela cria as atualizações para os dispositivos de baixo custo e depois que estiver rodando perfeitamente nesses aparelhos, ela continua o desenvolvimento da atualização nos aparelhos de médio e alto custo.

Nokia-Lumia-520-2-1024x512

O resultado é claramente satisfatório pois é muito mais simples melhorar uma atualização do que efetuar cortes nela. Usando as informações da atual atualização (WP 8.1) , foi provavelmente muito mais simples pra Microsoft adicionar o Mirecast para os aparelhos que “suportam” a função, do que criar a atualização pronta no Lumia 930 e depois testar quais aparelhos funcionam e quais não funcionam cada novidade da atualização.

É muito legal ver que a Microsoft esta se importando com os aparelhos de baixo custo, até porque o Windows Phone mais vendido é o Lumia 520, um aparelho de baixo custo. O mais legal disso tudo é que quem é dono de um aparelho de baixo custo pode continuar tranquilo que as atualizações chegarão fluídas!

Via: wmpoweruser e Neowin