DC-50 full quality - RAONY

Com o avanço da tecnologia, todas as fabricantes estão sendo desafiadas a fazer um aparelho potente e com uma boa bateria, pois de que adianta você comprar o último lançamento se você não vai poder usá-lo por mais de algumas horas, não é mesmo? Se lembrarmos do passado e principalmente dos aparelhos da Nokia, o tempo de duração das baterias dos celulares é desanimador em relação aos atuais aparelhos: enquanto os “Nokias tijolões” duravam no mínimo 7 dias em “uso extremo”, os atuais Lumias ou qualquer outro modelo sofre para passar de um dia com uso moderado.

O iPhone da Apple é um dos modelos de smartphone mais criticado da atualidade no quesito bateria. Mas por que as baterias não duram? Infelizmente os avanços em hardware e software foram maiores do que os das baterias. Se fosse para conseguirmos atingir o mesmo tempo de uso em um aparelho antigo, quantos mAh seriam necessários hoje?

mAh: sigla utilizada para o miliampere-hora, uma subunidade de medida originada do ampere-hora, ou simplesmente Ah, que é usada para identificar a transferência de carga elétrica por meio de uma corrente estável de um ampere ao longo de uma hora.

Em tese, quanto maior o numero de mAh que um dispositivo tem, melhor é a sua bateria, mas lembre-se de que quanto mais recursos o aparelho tiver, maior será a quantidade de bateria necessária, portanto o conceito de “tempo de duração X quantidade de mAh” é relativo e varia de acordo com o software e hardware de cada aparelho).

Por exemplo: tenho um  Nokia X1-01 que tem uma bateria de 1320 mAh e dura cerca de 7 dias em uso intenso, já o meu Lumia 925 conta com uma bateria de 2000 mAh e, em uso moderado, dura aproximadamente 6 horas. Obviamente o Lumia 925 tem milhares de recursos que o X1-01 não tem, mas esse exemplo foi só pra demonstrar como hardware e o software avançaram e as baterias não.

Mas o que fazer para sair de casa e se esquecer das tomadas? Pois bem, há algumas técnicas para poupar a bateria, mas nada supera os carregadores portáteis! Existem vários modelos destes acessórios no mercado e hoje vamos falar um pouco dos modelos da Nokia disponíveis no Brasil e se eles têm um bom custo-benefício!

Atualmente temos três modelos de carregadores portáteis disponíveis no Brasil, são eles o DC-18, DC-16 e DC-50.

  •  Nokia DC-18:

É um carregador portátil sem fio que conta com uma bateria de 1720 mAh e é vendido nas cores: vermelho amarelo, branco e azul. Carrega qualquer Lumia e uma série de dispositivos USBs compatíveis.

nokia_dc-18_1
Nokia DC-18

Dimensões:

  • Altura: 57 mm
  • Largura: 57 mm
  • Espessura: 14,9 mm
  • Peso: 65 g

Preço: R$ 69 em todas as lojas físicas da Nokia.

  •  Nokia DC -16:

Este talvez seja o melhor custo-benefício dentre os que estamos comparando pois o carregador portátil conta com uma bateria de 2000 mAh e é vendido no Brasil nas cores: preta e branca (em datas especiais como o Natal, a Nokia já trouxe o acessório na cor ciano, mas raramente você irá encontrar sequer uma unidade desta cor). Carrega qualquer Lumia e uma série de dispositivos USBs compatíveis.

DC 16
Nokia DC-16

Dimensões:

  • Largura: 23 mm
  • Altura: 120 mm
  • Espessura: 23 mm
  • Peso: 75 g

Preço: R$ 99 em todas as lojas físicas da Nokia.

  •  Nokia DC-50:

Um misto de carregador e bateria! O acessório tem as duas funções, ele carrega qualquer aparelho com a tecnologia de carregamento sem fio Qi e conta com uma bateria interna de 2400 mAh, é vendido nas cores: branco, azul, amarelo e vermelho, mas no Brasil não chegou a cor vermelha (pelo menos na Nokia Store que comprei, talvez a Nokia Store da sua cidade tenha outra disponibilidade de cores!). Aparelhos da linha Lumia compatíveis: 720*, 820*, 920, 925*, 1020*, 1520 e 930.

DC-50 full quality - RAONY 01
Nokia DC-50

Dimensões:

  • Largura: 69 mm
  • Altura: 134 mm
  • Espessura: 12 mm
  • Peso: 150 g

Preço: R$ 229 em todas as lojas físicas da Nokia.

*Aparelhos que necessitam de uma capa especial para carregamento sem fio, como essa da imagem abaixo:

Wireless Charging Lumia 925
Wireless Charging Cover do Lumia 925.

Lumia 1020 tem mais uma possibilidade:

Se você tem um Lumia 1020 além de poder carrega-lo com os três modelos citados anteriormente, você ainda pode comprar a Camera Grip, que além de ser uma capa com suporte para o tripé, também conta com uma bateria de 1020 mAh.

Nokia-Lumia-1020-Camera-Grip-Main-Pic
Camera Grip à esquerda e Wireless Charging Cover à direita.

Vale a pena comprar um carregador portátil?

Quando falamos em “comprar um carregador portátil” muita gente já fica de pé atrás só de ler o verbo “comprar”. Pois certos modelos que necessitam das Wireless Charging Covers  podem custar quase um Lumia 520. Fato é que, para muitas pessoas, pagar estes valores em um simples acessórios é meio puxado, mas vou dizer porque vale a pena comprar algum destes modelos! Vejam os pontos positivos:

  • USABILIDADE: Independente dos modelos citados, eles cumprem muito bem o que a Nokia promete.
  • QUALIDADE: Ponto muito importante quando falamos de “produtos caros”, tenho meu DC-16 a mais de 1 ano e ele continua funcionando perfeitamente.
  • TROCA DE APARELHO: Com exceção da Camera Grip, todos os carregadores podem ser utilizados em outros aparelhos, desde que tenham a tecnologia Qi (no caso do DC-50) ou sistema de carregamento USB compatível (DC-16 e DC-18). Só em alguns aparelhos mais simples que eu não consegui êxito, mas em iPhones ou tops de linha com Android, os carregadores funcionaram perfeitamente.
  • INVESTIMENTO A LONGO PRAZO: Como dito anteriormente, muitas pessoas podem achar caro um carregador portátil, mas se levarmos em consideração que são acessórios “para vida toda” e a utilidade que eles têm, creio que vale a pena sim!

Muitos de vocês perguntam: “Tal carregador” carrega quantos % do meu aparelho? Em tese, o modelo que você comprar, carregará a porcentagem de mAh do seu aparelho. Basicamente um Nokia DC-16 carregaria 100% da bateria de um Lumia 920 ou 925 por exemplo (pois ambos contam com 2000 mAh), mas na pratica não é bem assim, e a explicação é meio óbvia, isso porque o carregador “joga” carga para o seu aparelho e ao mesmo tempo o celular também estar utilizando aquela energia para funcionar. Se você estiver jogando por exemplo, nem perceberá que o smartphone está sendo carregado, mas com o aparelho em standby, eu consigo de 74% a 88% no meu Lumia 925. Espero que você tenha entendido que o celular está carregando e descarregando ao mesmo tempo. Talvez se os Lumia tivessem a opção de carregar desligados, pudessem atingir 100% da carga!

E você, já tem algum carregador portátil? O que acha desses acessórios? São úteis pra você?