AMOLED LCD

A discussão entre qual é a melhor tela, ou a mais bonita entre a LCD e a AMOLED está longe de ter um fim! Mas pode ter pelo menos uma pausa para reflexão com esse post. Há três anos atrás ter uma tela AMOLED era ter a melhor tela do mundo. Bastava comparar o LCD do Nokia N97 ou do primeiro iPhone com os modelos Nokia N85 ou com o Samsung i8920 para sentir um salto de qualidade. Comparar tais aparelhos com as telas de hoje porém já é judiar. Mas hoje a tese de que as telas LCD são extremamente inferiores às AMOLED pode ser revista. Para ilustrar esse artigo, os protagonistas são os Lumia 1020 (OLED Pure Motion HD), 830 (IPS LCD) e 1520 (IPS LCD). Os fãs da tela AMOLED nunca deixam de citar o preto mais preto na tela. Mas há quem prefira as cores do LCD por serem mais ”reais” do que as trazidas pelas telas AMOLED. Esses dois ítens são questão de gosto, mas não podemos esquecer os prós e contras de cada tecnologia:

LCD: o display LCD se divide em TFT e IPS. A tecnologia IPS é a mais atual, uma evolução da TFT e é mais comum nos smartphones atuais. O LCD TFT (“Thin Film Transistor Liquid Crystal Display”) tem um custo mais baixo porém um gasto maior de bateria. Já o LCD IPS (“In-Place Switching”) otimizou o TFT trazendo um menor consumo de energia e cristais líquidos que acendem por retroiluminação. O LCD IPS é nova leitura da tecnologia TFT e a maior diferença entre ambas as telas está nos cristais líquidos que são alinhados horizontalmente ao invés do tradicional alinhamento vertical. Com isso chega-se à taxas de atualização de até 240Hz, contra os 60Hz e ou 75Hz, encontrados nas LCDs convencionais. Isso traz um maior ângulo de visão, permitindo que o usuário, posicionado ao lado da tela, ainda mantenha um campo perfeito de visão além de garantir um tempo mais baixo de resposta da tela, ideal para cenas de movimento.

AMOLED: é derivada da tecnologia OLED (rara hoje em dia) que é uma evolução do TFT. Na tela AMOLED (“Active-Matrix Organic Light-Emitting Diode”) há uma matriz ativa que nada mais é que uma forma de enviar uma informação elétrica onde cada pixel é mostrado de maneira independente. Fora isso, os cristais líquidos foram substituidos por diodos. que acendem por si próprios. Em vantagem sobre o LCD, a tela AMOLED economiza bateria principalmente em fundos pretos já que os pixels estão apagados e não iluminados, como ocorre no LCD. Mas essa economia não é algo gritante e comumente não ocorre em fundos brancos.

Em se tratando de diferenças visíveis, a tela LCD e mais especificamente o LCD IPS traz uma imagem mais suave e real, enquanto que a AMOLED traz uma imagem muito mais chamativa, saturada e brilhante. Em contrapartida, modelos com tela IPS são mais baratos que com tela AMOLED. Diversos usuários reclamam que a tela AMOLED deixa ”ícones fantasmas” na tela por um tempo, principalmente em fundo branco. Já donos das telas LCD IPS às vezes reclamam que ela não é tão ”bonita” como as AMOLED. O branco do LCD é mais real também, enquanto que o branco da AMOLED pode ser ligeiramente amarelado.

Iremos mostrar uma série de imagens abaixo. Todos os aparelhos estão em brilho automático, na mesma configuração de cores, brilho e o mesmo perfil de cor e todas as fotos foram tiradas com um Nokia 808 Pureview. Analisem as imagens e tirem suas próprias conclusões, claramente as imagens em telas LCD estão mais bonitas (ou só eu vi?), o que mostra que as telas IPS evoluíram muito!

Lumia 1020 vs Lumia 830
Lumia 1020 vs Lumia 830
Lumia 1520 vs Lumia 830
Lumia 1520 vs Lumia 830
Lumia 1020 vs Lumia 830
Lumia 1020 vs Lumia 830
Lumia 1020 vs Lumia 830
Lumia 1020 vs Lumia 830

Apesar de cada tecnologia ter seus prós e contras, o dia a dia e o uso contam muito na escolha da melhor tela, além é claro, do preço, fator determinante para adquirir um novo gadget. Os modelos fotografados são os Lumia 1020, 830 e 1520. Qual sua tela preferida, caro leitor?

Via: All About Windows Phone e DescomplicadoWeb