A Microsoft acaba de divulgar a informação de que nos meses de Janeiro, Fevereiro e Março de 2015 as vendas de aparelhos Lumia alcançaram a marca de 8.6 milhões de unidades.

Lumias-8.6-milhões1-compressor

Porém o lucro líquido caiu em comparação ao mesmo período de 2014, mesmo que o valor total de negócios tenha alcançado U$21.700 milhões contra U$20.4 milhões do ano passado. E desse total, U$190 milhões dizem respeito à despesas de reestruturação e de integração, referentes ao mês de julho de 2014 e o fortalecimento do dólar também ajudou muito nos resultados do primeiro trimestre.

Fora tais resultados, outros foram revelados, dentre eles:

  • As receitas da divisão Device and Consumer cresceu 8%, o que representa 11% em moeda constante, chegando a U$9 bilhões
  • As incrições para o Office 365 chegaram à marca de 12.4 milhões, um crescimento de 35%
  • O volume de negócios do Windows Pro OEM diminuiu 19% e o de negócios não-OEM diminuiu 26%
  • As receitas de pesquisas publicitárias cresceram 21%, representando 24% em moeda constante
  • O uso da Xbox Live aumentou mais de 30%
  • O volume de negócios do Surface é de U$713 mil, com aumento de 44% (53% em moeda constante) e foi impulsionado pelo Surface Pro 3
  • A receita dos smartphones foi de U$1.4 bilhões, com mais de 8.6 milhões de Lumias vendidos
  • O volume de negócios do comércio aumentou 5% representando 7% em moeda constante, atingindo U$12.8 bilhões em moeda americana, um crescimento de 106% com serviços de nuvem, 12% de produtos e serviços, 2% do Office e 2% relacionados à licenças do Windows.

Via: Plaffo