Segundo o site The Register, do Reino Unido, a versão Home do Windows 10 não terá a opção “Off” do Windows Update, isso mesmo! Os usuários que terão a versão “domestica” do novo sistema operacional não poderão desativar a busca por novas atualização do s.o.

A Build 10240 do Windows 10 Pro afirma que a versão final do S.O. irá verificar periodicamente atualizações de software e aplicativos e realizará o download e instalação para você.

The Software periodically checks for system and app updates, and downloads and installs them for you.

You may obtain updates only from Microsoft or authorised sources, and Microsoft may need to update your system to provide you with those updates.

By accepting this agreement, you agree to receive these types of automatic updates without any additional notice.

A intenção da Microsoft é fornecer aos desenvolvedores um alvo mais consistente para as aplicações, as atualizações automáticas também irão aproximar o publico “mais leigo” para as versões mais recentes do sistema operacional, tornando-os sempre up-to-date, inclui os patches de segurança e atualizações de recursos.

Os usuários domésticos que utilizarão a versão Pro do Windows 10 terão a opção de adiar as atualizações por até 8 meses. E para os profissionais de TI e empresas a Microsoft irá disponibilizar uma ferramente chamada Windows Update for Business, esta ferramenta permite realizar atualizações em grupo seguindo anel de distribuição. Os sistemas mais críticos poderão ser atualizados mais tarde, permitindo também optar por quais ferramentas receberão update.

“Os clientes que estão abraçando branch atual para o negócio precisa consumir esse recurso de atualização dentro do período de aproximadamente oito meses de tempo estipulado ou eles não serão capazes de ver e consumir a próxima atualização de segurança, …” – disse Helen Harmetz, Gerente Sênior de Marketing de Produto da Microsoft.

O texto acima afirma que os usuários que não realizarem atualizações de recursos não receberão atualizações de segurança. Esta pode não ser uma noticia boa para pessoas e profissionais de TI que preferem um ambiente estável, as atualizações do Windows podem gerar uma série de incompatibilidade com programas e serviços empresárias, quem trabalha com TI sabe que as versões mais recentes de programas nem sempre são compatíveis e estáveis se comparados com a anterior, como exemplo são as versões do Java com alguns sites do governo, Chrome 42 com site de banco e módulo de segurança, e etc. Enfim, sabemos que a Microsoft irá tornar máximo de cuidado possível antes de liberar qualquer atualização do sistema operacional, visando solucionar todos os problemas e conflitos.

Qual sua opinião sobre as atualizações automáticas? Deixe seu comentário.

Fonte: Windows Central, The Register e NeoWin