Durante o recente evento da Microsoft em Nova York, a empresa anunciou vários produtos e novidades interessantes ao público, uma dessas novidades foi o novo Surface Pro 4.

E um dos recursos da nova versão do tablet que foi discutida no palco foi seu sistema de refrigeração líquida, uma característica que desempenha um papel enorme e mantém o dispositivo muito mais frio que a versão anterior.

Microsoft anuncia o Surface Pro 4 6

O Surface Pro 3 também possui esse sistema de refrigeração, que funciona basicamente assim: Um tubo de calor de cobre em forma de fechadura cheio de água é instalado no tablet, que abrange a CPU e durante o aquecimento, a água no interior do tubo é transformada em vapor, que em seguida, viaja para dentro do cano de calor para a parte onde fica o “cooler” e lá se condensa, e assim, faz seu processo de volta a CPU.

Mesmo que funcione muito bem esse sistema, o calor ainda se concentrava em algumas áreas do dispositivo, não o refrigerando por completo.

Um usuário publicou uma imagem da parte interna do Surface Pro 4 e mostrou como a nova versão trabalha com esse sistema em relação a versão Pro 3.

Veja como funciona o sistema de refrigeração líquida do Surface Pro 4

O usuário disse:

O SP4 (Surface Pro 4) realmente ferve/evapora o líquido dentro de um tubo de metal que toca o processador, e que o vapor viaja para dois lugares dentro do SP4 para condensar de volta em um líquido. O tubo sob o estribo lateral permite que o ventilador raramente seja executado, a menos sob tarefas extremamente exigentes. Assim, para navegação na web, e as atividades normais do dia a dia, você não terá mais o ventilador funcionar como acontece no Surface Pro 3. E quando o SP4 está sob pressão com o ventilador em funcionamento, o calor será mais uniformemente distribuído – não todos concentrados em um grande ponto – tornando o SP4 um pouco mais frio.

É claro que há benefícios em comparação a versão anterior, com o calor uniformemente distribuído, o Surface não esquentará tanto nas mãos do usuário sendo utilizado em tarefas simples, como navegação na web ou checar e-mails.

Além disso, a Microsoft também anunciou que incorporou uma tecnologia semelhante de refrigeração líquida nos seus novos Lumias, o Lumia 950 e 950 XL.

Via: Neowin