A Microsoft, logo após comprar a divisão de smartphones da Nokia, começou uma reestruturação em toda empresa, mudando nome dos aparelhos e serviços, dando uma “nova cara” a tudo que companhia finlandesa criou. Mas com isso, uma série de demissões ao redor do mundo foram feitas, segundo o CEO da Microsoft, Satya Nadella, isso também fazia parte dessa reestruturação.

Despedido-1000x483

Essas demissões estavam ligadas a funcionários da “antiga” Nokia, onde a Microsoft visava reduzir gastos ou redirecionar alguns desses trabalhadores para outros setores da empresa. E, agora, a gigante de Redmond anunciou mais demissões, dessa vez para os funcionários do setor de marketing da divisão móvel na Finlândia.

28536107-SALO-FINLAND-MAY-17-2014-Microsoft-signs-replace-the-Nokia--Stock-Photo

Embora um número exato não ter sido divulgado, acredita-se que será uma quantidade bem expressiva em relação ao ano passado. Em um comunicado, a Microsoft se pronunciou dizendo:

As reduções de emprego foram realizadas em muitos países e áreas de trabalho para se adaptar às necessidades da empresa. Estamos realizando este processo da melhor forma possível com grande respeito para as pessoas afetadas.

Acredita-se, e está bem claro, que toda essa mudança visa organizar o setor móvel da Microsoft e abrir caminho para novas parcerias. Porém não podemos negar que existe números preocupantes referentes a linha Lumia, a falta de crescimento em alguns mercados, ou o baixo índice de vendas que somou apenas 4,5 milhões de unidades vendidas no últimos três meses, mas agora nos resta aguardar para saber quais os planos da Microsoft ao realizar toda essa mudança.