O Windows 10 está embarcado em mais de 200 milhões de dispositivos e vem crescendo a cada mês, além disso, 76% dos clientes corporativos e de educação já utilizam o novo Windows. E hoje, a Microsoft anunciou que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos juntou-se ao Windows 10 e pretende começar a implementar o sistema.

DoD-official-charged-with-espionage-DOD

Computadores, laptops e até mesmo dispositivos móveis, começarão a receber o Windows 10 em todas as agências do DoD, segundo o secretário de defesa. A implantação irá ocorrer dentro de 1 ano, e sem dúvidas é algo importante, afinal trata-se do Departamento de Defesa de uma nação tão grande como os Estados Unidos.

Windows-10-Ban-1-2

A escolha visa principalmente á segurança, com o “Windows Hello”, integrando reconhecimento facial ou biométrico, além de vários protocolos e proteções que o Windows 10 entrega. A segurança do departamento é algo crucial, já que ele está suscetível a grandes ataques de cybers criminosos. O post liberado pela gigante de Redmond explica:

Com os gastos do Departamento de Defesa, que são aproximadamente US$ 44 bilhões anualmente em segurança e de TI, o CIO Terry Halvorsen disse que é necessário implantar o sistema o mais rápido possível para garantir a segurança, mais eficiência e diminuir os custos.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos é um dos principais alvos de crimes pela rede e é uma das maiores organizações do mundo e também uma das mais complexas, seus líderes sabem a importância de garantir os seus sistemas de linha de base.

Podemos ver a importância do Windows 10 em todo o mundo, além do reconhecimento de instituições complexas, afinal, a Microsoft trabalhou e ainda trabalha constantemente para levar a melhor experiência possível e uma forte segurança dos dados.