Após noticiarmos que a Samsung ainda não sabe o por que de seus Galaxy Note 7 estarem pegando fogo e explodindo, agora, uma decisão final da empresa pretende “eliminar” de vez todos Note 7 que foram recolhidos após uma série de incidentes que cuminol esse “caos”. Mesmo trocando vários modelos, os casos de explosões não pararam, fazendo com que a empresa aconselhasse os usuários a desligarem o smartphone e irem a uma assistência autorizada.

24102230365049

Sendo assim, o triste e inevitável final do Galaxy Note 7 foi decretado pela Samsung, tendo sua fabricação e distribuição encerrada. Pensando no usuário e em sua segurança, a empresa afirmou que todos os aparelhos recolhidos não serão reparados e sim totalmente eliminados, embora não fornecendo detalhes de como pretendem fazê-lo.

Nós temos um processo para eliminar de forma segura os telefones

spiralbinder-2016-2111-044Além do gigantesco encargo financeiro que a Samsung vai ter que lidar, há também um custo ambiental que devemos considerar. Segundo o  “Institute of Electrical and Electronics Engineers”, em 2013 mais de 165 mil toneladas de eletrônicos “médios” foram descartados, e é muito provavél que esse número cresça esse ano, se tratando de um smarpthone avançado como o Note 7.

Em geral, é muito mais rentável para um empresa reformar e revender o dispositivo, pois existe um alto custo para “eliminar” milhares de smartphones, mas se tratando do caso da Samsung, provavelmente essa era a única opção adotada, já que novos casos poderiam surgir.

note-7-explosivo-1Um especialista ressaltou que muitos materiais usados nos smartphones são raros e de difícil origem, e alguns possuem um impacto ambiental muito grande, mas se tratando da Samsung, acreditamos que esse descarte será bem feito, afinal a companhia não pretende entrar em outro problema.