Na última quarta (26/10), a Microsoft realizou um evento importante para apresentar várias novidades ao público. Novos produtos foram revelados, além de confirmar alguns rumores que rondavam na internet. E agora, vamos resumir para vocês, basicamente, tudo que aconteceu no evento realizado em Nova York.

Creators Update

A Microsoft iniciou o evento apresentando algo bastante interessante. O “Creators Update”, é a nova grande atualização do Windows 10 que chegará gratuitamente para todos os usuários elegíveis no início de 2017. E basicamente, o update entregará três frentes.

Antes de falarmos quais são, confira abaixo o vídeo de apresentação do Creators Update, divulgado pela Microsoft.

3D

O primeiro fator a ser destacado é a democratização do 3D, trazendo a tecnologia para várias plataformas. Durante o evento, a Microsoft realizou demonstrações interessantes ao público, dentre elas um escaneamento de um objeto em tempo real com o smartphone, e posteriormente, esse objeto poderia ser utilizado em 3D no Paint.

E falando no Paint, o tradicional software da empresa passou por diversas melhorias e já não é mais aquilo que outrora vimos. Agora o “Paint 3D”, traz a capacidade de trabalhar com elementos em 3 dimensões, além de conseguir fazer edições bastante avançadas, algo que em versões anteriores era impossível.

Toda essa novidade, poderá ser sustentada por uma comunidade de pessoas que poderão compartilhar e interagir para o crescimento dessa novo ecossistema.

Além disso, a companhia citou que, a integração 3D será forte com diversas formas de realidade, seja ela virtual ou aumentada. Um exemplo disso, foi a demonstração feita com o Hololens junto com o Microsoft Edge, que revelou a capacidade do navegador em trabalhar com objetos 3D.

E não só isso, a Microsoft divulgou parceiros que ajudarão nesse segmento, sendo eles: HP, Dell, Lenovo, ASUS e Acer, que vão ajudar a criar dispositivos nessa categoria.

Streaming de games

Visando concorrer diretamente com o Twitch, a Microsoft anunciou uma interação com o Beam, sistema de streaming que vai funcionar diretamente no Windows 10.

beam-ms

Basicamente, com essa novidade, os gamers de plantão poderão transmitir ao vivo suas gameplays sem precisar de softwares adicionais, e tudo isso integrado com o app do Xbox. Além disso, o Beam traz vários recursos interessantes, que favorecem a interação entre quem transmite e quem assiste o jogo.

Comunicação e conectividade

E pra finalizar os ideais do update, a empresa visa uma maior comunicação e conectividade, reforçando que, o usuário, está no centro do Windows 10. O sistema vai reconhecer as pessoas mais importantes para o usuário, criando assim, atalhos inteligentes para interagir com elas. O resultado disso, será botões na barra de tarefa que integrarão diversos serviços da Microsoft para facilitar o contato com essas pessoas.

Surface Book i7

Agora, essa foi, sem dúvida, a maior supresa daquele evento. Destruindo então todos os rumores que indicavam que nenhum novo Surface, além do “Surface Studio”, seria apresentado.

surface-book-i7-01O Surface Book i7, que já falamos sobre ele por aqui, vai trazer a versatilidade de seu antecessor com um desempenho maior para os usuários avançados.

Em especificações o Surface Book i7 entrega:

  • Processador Intel Core i7
  • Placa de vídeo Nvidia GeForce GDDR5 expansível até 16GB de RAM
  • Armazenamento de até 1 TB SSD
  • Bateria com duração de até 16 horas
  • Duas portas USB 3.0 FULL SIZE
  • Leitor de cartões SD e conector MINI DisplayPort

O Surface Book i7, começará a ser vendido a partir de novembro por US$ 2.399, ou R$ 7.480 em conversão direta. Não há previsão de chegada do Surface Book i7 aqui no Brasil.

Surface Studio

E pra fechar o evento, a Microsoft apresentou o tão aguardado Surface Studio, para bater de frente com seus concorrentes, principalmente o iMac da Apple. A empresa alega que o aparelho não veio apenas para entrar no mercado dos “all-in-one”, mas para inaugurar uma categoria nova.

Embora a Microsoft tenha ditado que o novo Surface irá atender qualquer tipo de público, é evidente seu foco em profissionais da área criativa, como designers e ilustradores.

Em hardware, o Surface Studio entrega:

  • Display de 28 polegadas com tecnologia TrueColor e suporte à tecnologia Pixel Sense.
  • Espessura de 12,5 milímetros
  • Processador Intel Core i7
  • 2 TB de SSD
  • 32 GB de RAM
  • Placa de vídeo GTX 980M

E pra acompanhar o pacote, a Microsoft anunciou alguns acessórios que vão acompanhar o produto, dentre eles, o chamado Surface Dial, um pequeno aparelho circular que vai oferecer várias funcionalidades extras, apenas encostando o dispositivo na tela do Surface.

O Surface Studio será lançado em dezembro e tem preços que variam de US$ 3 mil a US$ 4,2 mil, o que significa algo entre R$ 9 mil e R$ 13 mil.