Aquele velho ditado que “brasileiro é o povo mais zoeiro do mundo”, mais uma vez, se confirmou. Usuários aqui do Brasil, encontraram uma brecha em um dos sites da Microsoft e deixaram sua marca “HUE BR”. Uma vulnerabilidade no mecanismo de tradução colaborativa fez com que os espertinhos alterassem várias palavras na página.

hue-br-1409769448032_450x253

Com uma linguagem inadequada, os invasores editaram boa parte do conteúdo de suporte do DirectX, mudando tópicos, descrição e até links. Essa ação pode ter parecido um ataque hacker, mas na verdade, o caso não passou de uma zoiera feita por usuários que se aproveitaram de um sistema colaborativo, aparentemente, aberto demais.

id202937_1

A página atacada, permite que os usuários editem os textos para deixar a ajuda mais clara para todos, usando o “Microsoft Translator”, mas a Microsoft, com certeza, não contava com brasileiros “malucos”.

id202938_1

Após essa bagunça, a Microsoft corrigiu tudo, e é bem provável que, a partir de agora, a empresa seja mais rigorosa para liberar a edição de textos para todos. Resumindo, brasileiro precisa ser estudado (rsrs).