O ano de 2016 poderia ter sido bem ruim para a gigante sul-coreana Samsung. Além do fiasco das baterias do Galaxy Note 7 o envolvimento do vice-presidente da emprese Lee Jay-Young em um caso de corrupção também prejudicaram muito sua imagem!

Galaxy Note 7

 

Porém, em um comunicado, a Samsung Electronics informou que registrou lucro operacional de 9,22 trilhões de Wons (aproximadamente 24,6 bilhões de reais) no período de outubro a dezembro, um aumento de 50,2% em relação ao mesmo período de 2015.

Esse crescimento incrível foi resultado das vendas de outros componentes e da força do dólar. Dentre esses componentes estão os chips de memória, a demanda aumentou muito pois as empresas chinesas liberaram smartphones com câmeras de alta resolução e armazenamento maior.

No início da semana a Samsung liberou informações sobre os problemas com o Galaxy Note 7, e disse que vai investir muito mais em segurança a partir de agora. Isso já é possível perceber pela demora do lançamento do Galaxy S8, no dia 29 de março. A Samsung precisa fazer de tudo para que seu crescimento seja ainda maior e que possa competir igualmente com outras gigantes dos smartphones.

A Samsung provavelmente irá gastar mais em controle de qualidade este ano. Será que o retorno será satisfatório?

Fonte: PHYS