O MWC é o maior congresso mundial quando se trata de aparelhos mobile, este ano ele aconteceu em Barcelona do dia 27 de Fevereiro até hoje, dia 2 de Março.

Alguns pontos que chamaram a atenção do público e de especialistas presentes no congresso foram, por exemplo, a duração das baterias, a realidade virtual, assistentes virtuais, entre outros.

Duração das baterias

Uma das principais reclamações dos consumidores é com relação à duração das baterias dos smartphones, já que, com o aumento do desempenho elas tendem a durar menos. A Huawei, empresa mobile que ocupa a terceira posição do mercado, seguida pela Samsung e pela Apple, oferece em seu novo aparelho P10, 40% a mais de autonomia, com 3200 mAh. Enquanto a Nokia retorna com o lendário 3310 apostando em incríveis 22 horas de conversação!

Fonte: GSM ARENA

Além da duração, outro tema que chamou atenção é a velocidade de carregamento. O Huawei garante um dia de uso com apenas 20 minutos de carga. Já o Blackberry diz ser possível carregar 50% de sua bateria em 36 minutos. Esses aspectos parecem ter grande importância para todas as empresas da área.

Realidade Virtual e Realidade Aumentada

A Realidade Virtual e a Realidade Aumentada foram muito exploradas no ano de 2016. Apesar de parecer só um pontapé para o crescimento da tecnologia, na MWC ambas as tecnologias marcaram presença em todos os lugares, com pequenas ou grandes demonstrações de suas funcionalidades.

O mercado parece atrair um grande público gamer, e como os jogos mobile só tendem a crescer, a tecnologia VR precisa seguir o mesmo caminho de desenvolvimento.

Empresas como a Samsung exibiram novos aparelhos VR na MWC, assim, podemos concluir que essa área não será deixada de lado durante o ano de 2017.

Assistentes Virtuais

Assim como a Cortana, Siri e o Google Now foram considerados inovadores assistentes virtuais, a MWC trouxe novas visões da área. Os assistentes são capazes de responder a interações do usuário, trazendo melhor acessibilidade e velocidade no uso dos aparelhos.

O Google já anunciou que colocará seu assistente virtual à disposição de todos os aparelhos Android. Mas outras empresas tem investido na área, já que em 2019 é previsto que 20% das interações com os dispositivos sejam feitas através dos assistentes (pesquisa da empresa Gartner), o que é impossível com tecnologias atuais.

Drones e Robôs

No congresso desse ano seria impossível não falar de Drones e Robôs, já que ambos foram fortemente expostos por várias empresas, se tornando o centro das atenções do evento.

Um exemplo foi o Pepper, um pequeno robô da SoftBank Robotics, que cumprimentava os visitantes, enquanto dois robôs humanoides da Pal Robotics eram apresentados pela Ubuntu.

Robô Pepper – Divulgação SoftBank Robotics

Com relação aos Drones, as exibições estavam por toda parte, com foco nas empresas, visando gerenciamento e monitoração de redes, deslocamento de objetos e a tão aguardada demonstração da tecnologia 5G!

A Internet das Coisas

A internet das coisas vem crescendo muito nos últimos anos, a tendência dos objetos conectados é inegável. Você já imaginou ter uma escova de dentes inteligente? Essa ideia foi apresentada por uma pequena empresa francesa, com a qual você pode verificar se todos os dentes foram escovados com base nos movimentos registrados.

Diferente do GPS, no qual é preciso ficar sempre atento a uma tela, os sapatos inteligentes te guiam vibrando na direção em que você deve seguir – os sapatos foram desenvolvidos por uma jovem indiana e também apresentados no evento.

Esses são exemplos de pequenas empresas e ideias que já surgiram, o que mais está por vir?